« Cerimônia para um Negro Assassinado »,

do  Fernando Arrabal.

Fomatura do Teatro Universitário da UFMG (TU)

BELO HORIZONTE

Direção: Rogério Lopes.

Acompanhamos as peripécias de Jerônimo e Vicente em sua fantasia de se tornarem grandes atores de teatro. Na busca pelo sucesso, transformam tudo ao seu redor num palco e as pessoas em espécies de bonecos para suas bizarras cerimônias. A montagem celebra a formatura dos estudantes do Curso Técnico de Formação do Ator do Teatro Universitário da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. O espetáculo é uma adaptação feita pelos próprios alunos do texto de Cerimônia para um Negro Assassinado, do espanhol Fernando Arrabal  A Cerimônia conta as peripécias e as fantasias de Jerônimo e Vicente de se tornarem grandes atores de teatro. Na busca pelo sucesso, transformam tudo ao seu redor num palco e as pessoas, em espécies de bonecos, para suas bizarras cerimônias.

Direção: Rogério Lopes
Direção de arte: Tereza Bruzzi e Cristiano Cezarino
Direção musical: Júlia Dias
Preparação vocal e musical: Helena Mauro
Preparação corporal: Mônica Tavares e Júlia Dias
Diretores de cena: Rogério Lopes, Helena Mauro, Júlia Dias e Mônica Tavares
Elenco (A Cerimônia): Amanda Gomide, Anderson Dutra, André Salles, Manu Maria, Helena Marques, Hernandis Moura, Larissa Bocchino, Letícia DiCássia, Lohanye Garcia, Lucas Prado e Maria Luísa
Cenografia: Maria Laura de Vilhena e Laysla Araújo
Cenotecnia: Artes Cênica Produções
Figurinos: Edsel Duarte, Amanda Gomide e Lohanye Garcia
Confecção dos figurinos: Maria Antônia, Edsel Duarte, Amanda Gomide, Lohanye Garcia e Layanne Nascimento
Maquiagem: César Augusto e Lohanye Garcia
Confecção de máscaras: Edsel Duarte
Iluminação: André Salles
Operação de luz: Edsel Duarte
Operação de som: Lucas Barbosa
Produção: Jefferson Góes e Tereza Bruzzi
Produção executiva: Lucas Prado, Ézio Henrique, Letícia DiCássia e Fernanda Xavie