Une lecture théâtrale du film de Fernando Arrabal, « L’arbre de Guernica », sera donnée par Wilson Coêlho, lors du Festival de Littérature de Capixaba qui se tiendra du 5 au 10 décembre 2017 dans la province de Vitoria au Brésil.


En Vitória (Brasil)
Lectura dramática de « El árbol de Guernica » film de Arrabal.
IV Festival Capixaba de Literatura del 5 al 10-XII-2017.
(Wilson Coêlho)

Wilson Coêlho Pinto:  Doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense – UFF (2014), Mestre em Letras pela Universidade Federal do Espírito Santo (2006), bacharelado e licenciatura plena em Filosofia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2000). Escritor com 16 livros publicados, dramaturgo e encenador com 22 peças montadas, palestrante e oficineiro com participação em diversos encontros, seminários e festivais nacionais e internacionais de teatro.
« Antonin Artaud e Fernando Arrabal » – da Crueldade ao Pânico, Ano de obtenção
Orientador: Paula Glenadel Leal  Mestrado em Letras (Conceito CAPES 4).
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil. Graduação em Filosofia.
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Título: Heidegger e Artaud: O Percurso da Angústia.
Orientador: Bajonas Teixeira de Brito Júnior.Escola Técnica de Teatro, Dança e Música FAFI, FAFI, Brasil.
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.Escola de Teatro e Dança FAFI, FAFI, Brasil. Dramática I e II.
Sociologia do Teatro
Literatura Dramática II
Literatura Dramática I

1 – Filosofia e Ética 2 – Literatura Dramátic

Fundação Novo Milênio, NOVO MILÊNIO, Brasil.
Vínculo institucional

2001 – 2003
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 12
Outras informações
1 – Filosofia Geral e Ética 2 – Ciência Política

Centro Capixaba de Ensino Superior, UNISSERRA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 – 2002
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8
Outras informações
1 – Filosofia Geral e Ética

Escola São Geraldo, SÃO GERALDO, Brasil.
Vínculo institucional

2004 – 2005
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8
Outras informações
1 – Filosofia Geral e Ética

IEES – Instituto de Educação do Espírito Santo SC Ltda, FANORTE, Brasil.
Vínculo institucional

2001 – 2001
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular
Outras informações
1 – Filosofia Geral e Ética

Sociedade Educacional do Espírito Santo, UVV, Brasil.
Vínculo institucional

2013 – 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 12
Outras informações
Professor no Curso de Artes Cênicas Disciplinas: – Teatro II – Jogos Teatrais e Improvisação – Pratica de Montagem e Encenação – Estágio Supervisionado II

Instituto Superior de Educação e Cultura « Ulysses Boyd », UNICIDADE, Brasil.
Vínculo institucional

2003 – 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 16
Outras informações
1 – Sociologia da Educação I 2 – Sociologia da Educação II 3 – Economia da Educação 4 – Artes, Ciências, Plásticas e Musicais

Associação Educacional Evangélica da Serra – ASSEV, FASE, Brasil.
Vínculo institucional

2003 – 2003
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular
Outras informações
1 – Filosofia Geral e Ética

Centro Cultural Sesc Glória, SESC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 – Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessor Técnico em Literatura, Carga horária: 40

Membro de corpo editorial
2012 – Atual
Periódico: Editora Cousa
2011 – Atual
Periódico: Revista Icarahy UFF
2000 – Atual
Periódico: Revista Espaço Acadêmico

Áreas de atuação
1. Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Estudos Literários.
2. Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Teatro.
3. Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema.

Idiomas
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Prêmios e títulos
2013
Commandeur Exquis de l’Ordre de la Grande Gidouille, Colège de Pataphysique de Paris.
2012
Conselheiro Suplente da Câmara de Literatura e Bibliotecas, Conselho Estadual de Cultura do Governo do Estado do Espírito Santo.
2012
Membro do Comitê Gestor Executivo do Plano Estadual de Cultura, Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo.
2010
Conselheiro Titular da Câmara de Literatura e Bibliotecas, Conselho Estadual de Cultura do Governo do Estado do Espírito Santo.
1987
1º Lugar no VIII Concurso Capixaba de Dramaturgia com o texto ANTONIN ARTAUD – ATOS DE CRUELDADE, Departamento Estadual de Cultura do Espírito Santo.

Produções

Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

Ordenar por
1. COÊLHO PINTO, W.. El sueño es solamente un detalle. Almunia – Revista de Creación y Pensamiento, v. 6-7, p. 45-48, 2003.
2. COÊLHO PINTO, W.. A pedagogía moderna, os educadores e a linguagem. Revista Anual da Faculdade de Pedagogia da Serra (Unisserra), v. 4, p. 31-40, 2003.
3. COÊLHO PINTO, W.. Antonin Artaud: tratamento cruel ou cirurgia ontológica?. Utopía y Praxis Latinoamericana, v. 1, p. 69-79, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1. COÊLHO PINTO, W.. A flor quebrou o asfalto. 1ª. ed. Vitória: Cousa, 2015. v. 01. 116p .
2. COÊLHO PINTO, W.. A flor quebrou o asfalto. 01. ed. Vitória ES: Cousa, 2015. v. 01. 116p .
3. SILVEIRA, R. A. T. ; COÊLHO PINTO, W. ; Susana de Castro ; Nicoli, Marcos H. O. ; Barreira, Marcelo ; Cysne, Fátima Portela ; Serafim, Lucas A. ; Silva, Adriana N. ; Noguera, Renato ; Coviello, João ; Filho, Aldir Carvalho . O Futebol e a Filosofia. 1ª. ed. Campinas: Phi, 2014. v. 01. 216p .
4. COÊLHO PINTO, W.. ANTONIN ARTAUD: A LINGUAGEM NA DESINTEGRAÇÃO DA PALAVRA. 1. ed. Curitiba: Appris, 2013.
5. COÊLHO PINTO, W.. Maomé vai a Montaigne. 1ª. ed. Vitória – ES: Cousa, 2010. v. 1. 230p.
6. COÊLHO PINTO, W.. ERA SEM FORMA E VAZIA. 1ª. ed. Vitória: Edições do Autor, 2008. v. 1. 168p .
7. COÊLHO PINTO, W.. Deixem-me Falar. 01. ed. Vitória: Edições do Autor, 1981.

Capítulos de livros publicados
1. COÊLHO PINTO, W.. Entre o remetente e o destinatário. In: Beny Ribeiro dos Santos e Santinho Ferreira de Souza. (Org.). Literatura e suas moedas (de fronteira). 1ed.Vitória – ES: Flor & Cultura, 2008, v. 1, p. 207-214.
2. COÊLHO PINTO, W.. Drummond: entre o existencialismo e o caminho das pedras. In: Sérgio Schaefer e Ronie A. T. da Silveira. (Org.). Drummond e a Filosofia. 1ed.Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2007, v. 1, p. 96-102.

Textos em jornais de notícias/revistas
1. COÊLHO PINTO, W.. Gilbert Chaudanne e seus duplos. Caderno Pensar – A Gazeta, 19 set. 2015.
2. COÊLHO PINTO, W.. Entre o sonho e a magia. A Gazeta Caderno Pensar, Vitória, p. 16 – 16, 07 set. 2013.
3. COÊLHO PINTO, W.. VIII Bienal do Livro, surpreendente. Tudo, Belo Horizonte, p. 6 – 7, 01 set. 2013.
4. COÊLHO PINTO, W.. Um poeta na res publica. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 08 – 09, 19 jan. 2013.
5. COÊLHO PINTO, W.. Para acabar com o mito de Artaud. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 06 – 07, 08 set. 2012.
6. COÊLHO PINTO, W.. Arrabal: o homem sem raízes. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 06 – 07, 11 ago. 2012.
7. COÊLHO PINTO, W.. Parodiando Protágoras. A Gazeta, Vitória, p. 18 – 18, 21 jul. 2012.
8. COÊLHO PINTO, W.. Um grande banquete assinado por James Joyce. A Gazeta, Vitória, p. 19 – 19, 16 jun. 2012.
9. COÊLHO PINTO, W.. Um grande banquete assinado por James Joyce. A Gazeta – Caderno Dois, Vitória, 16 jun. 2012.
10. COÊLHO PINTO, W.. Modernismo: uma semana inacabada. Caderno Pensar de A Gazeta, Vitória – ES, p. 06 – 07, 09 jun. 2012.
11. COÊLHO PINTO, W.. Mergulho do submarino. A Gazeta, Vitória, p. 16 – 16, 02 jun. 2012.
12. COÊLHO PINTO, W.. Uma pedra no caminho ou a ética da finitude. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 03 – 03, 28 jan. 2012.
13. COÊLHO PINTO, W.. A ficção é a vida melhorada. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 03 – 03, 29 out. 2011.
14. COÊLHO PINTO, W.. A existência entre matéria e sonhos. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 03 – 03, 15 out. 2011.
15. COÊLHO PINTO, W.. A flor quebrou o asfalto. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 03 – 03, 06 ago. 2011.
16. COÊLHO PINTO, W.. Dogville ou uma estética brechtiana no cinema. Revista eletrônica de críticas e estudos teatrais, Rio de Janeiro, 10 maio 2009.
17. COÊLHO PINTO, W.. Espelho Convexo. A Vitória, Manhuaçu, 09 jul. 1986.
18. COÊLHO PINTO, W.. O mágico das letras. Mucknews, Vitória, p. 0 – 0, 16 abr. 1986.
19. COÊLHO PINTO, W.. Os fantasmas da velha república. A Vitória, Manhuaçu, 19 mar. 1986.
20. COÊLHO PINTO, W.. As palavras…. A Vitória, Manhuaçu, 04 mar. 1986.
21. COÊLHO PINTO, W.. Retratos d’O dia seguinte’. Tudo, Belo Horizonte, p. 0 – 0, 01 fev. 1984.
22. COÊLHO PINTO, W.. Corredor. Integração, Belo Horizonte, p. 0 – 0, 05 nov. 1983.
23. COÊLHO PINTO, W.. O destino da nostalgia. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 03 – 03.
24. COÊLHO PINTO, W.. O espelho de Helena reflete Penélope. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 03 – 03.
25. COÊLHO PINTO, W.. Poeta em permanente transição. Caderno Pensar de A Gazeta, p. 06 – 08.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1. COÊLHO PINTO, W.. Fronteira entre Ci-Gît e Guernica. In: Letras por dentro III, 2006, Vitória – ES. Letras por dentro. Vitória – ES: PPGL/MEL, 2006. v. 3. p. 359-364.
2. COÊLHO PINTO, W. ; COÊLHO PINTO, W. . Traduzindo Artaud. In: VII Congresso em Estudos Literários: sob o signo de Babel ? Literatura e Poéticas da Tradução, 2005, Vitória. VII Congresso em Estudos Literários: sob o signo de Babel ? Literatura e Poéticas da Tradução, 2005.
3. COÊLHO PINTO, W.. Fenomenologia no Processo de Criação Teatral. In: VII Semana de Filosofia – Filosofias da Existência e Fenomenologia, 2004, São João del Rei – MG. VII Semana de Filosofia. São João del Rei – MG: UFSJ, 2004. v. 1. p. 71-82.

Apresentações de Trabalho
1. COÊLHO PINTO, W.. O espaço e o abismo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
2. COÊLHO PINTO, W.. Literatura e Música no Corpo sem Órgãos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).
3. COÊLHO PINTO, W.. El papel del dramaturgo, entre la tradición y la ruptura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).
4. COÊLHO PINTO, W.. O melodrama e o culto ao corpo como toque de silêncio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).
5. COÊLHO PINTO, W.. A carne se faz verbo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
6. COÊLHO PINTO, W.. Lo trágico y lo cómico entre la vida y el sueño. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).
7. COÊLHO PINTO, W.. Nosotros hacemos teatro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
8. COÊLHO PINTO, W.. Carta ao General Franco ou uma dramaturgia do terror. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
9. COÊLHO PINTO, W.. Fernando Arrabal. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
10. COÊLHO PINTO, W.. Tensiones y Fronteras entre Teatro y VidaA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).
11. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e Arrabal – Da crueldade ao pânico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).
12. COÊLHO PINTO, W.. No princípio era o fim. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
13. COÊLHO PINTO, W.. Sobre o clássico adaptado. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
14. COÊLHO PINTO, W.. Fernando Arrabal – Transposição de Linguagens: teatro-cinema. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
15. COÊLHO PINTO, W.. Poesia concreta: o que vocês acham?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
16. COÊLHO PINTO, W.. A verdade da lógica ou a lógica da verdade?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
17. COÊLHO PINTO, W.. Subjetividade no processo de criação em Fernando Arrabal. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
18. COÊLHO PINTO, W.. O livro e suas variantes. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
19. COÊLHO PINTO, W.. Direção da leitura dramatizada de MEDÉIA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).
20. COÊLHO PINTO, W.. Roland Barthes: Escritos sobre teatro ou uma cena de amor e ódio. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).
21. COÊLHO PINTO, W.. Noite do autor capixaba. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).
22. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e a palavra. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
23. COÊLHO PINTO, W.. Torre de Arrabal. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
24. COÊLHO PINTO, W.. A pedra do reino. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).
25. COÊLHO PINTO, W.. Fernando Arrabal: entre el absurdo y la realidad. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
26. COÊLHO PINTO, W.. Antonin Artaud: El lenguaje en la desintegración de la palabra. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
27. COÊLHO PINTO, W.. Antonin Artaud: tratamento cruel ou cirurgia ontológica?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
28. COÊLHO PINTO, W.. Metamorfose ambulante ou se o mel é doce isso é coisa que me nego a afirmar. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
29. COÊLHO PINTO, W.. Jodorowsky e o Pânico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
30. COÊLHO PINTO, W.. Um olhar sobre o hibridismo ou uma garrafa em alto mar. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
31. COÊLHO PINTO, W.. O dinâmico e o estático no ri(a)tual. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
32. COÊLHO PINTO, W.. O estático e o dinâmico no ri(a)tual. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
33. COÊLHO PINTO, W.. A filosofia e o mundo globalizado. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
34. COÊLHO PINTO, W.. Lo estático y lo dinamico en el ri(ac)tual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
35. COÊLHO PINTO, W.. Casos da Casa Verde. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
36. COÊLHO PINTO, W.. Entre dois discursos ou a pergunta do homem. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
37. COÊLHO PINTO, W.. Lo estático y lo dinamico en el ri(ac)tual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).
38. COÊLHO PINTO, W.. Traduzindo Artaud. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
39. COÊLHO PINTO, W.. Na fronteira entre Ci-Gît e Guernica. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
40. COÊLHO PINTO, W.. O corpo em Artaud – uma perspectiva existenciallista. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
41. COÊLHO PINTO, W.. Fenomenologia no processo de criação teatral. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
42. COÊLHO PINTO, W.. Poesia concreta: o que vocês acham?. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
43. COÊLHO PINTO, W.. Similitude e Oposição entre Castiglione e Maquiavel no exercício da dissimulação. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
44. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e a literatura, em processo. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
45. COÊLHO PINTO, W.. Diálogos de uma encenação. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).
46. COÊLHO PINTO, W.. Os sonhos são apenas um detalhe. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).
47. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e o teatro. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
48. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e o teatro. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1. COÊLHO PINTO, W.; Artaud, Antonin . Aqui Jaz. Curitiba: Appris, 2013. (Tradução/Outra).
2. COÊLHO PINTO, W.. Consequência, 2013. (Tradução/Outra).
3. COÊLHO PINTO, W.; Arrabal, Fernando . Clitoris. Zaragoza: Libros del Innombrable, 2012. (Tradução/Outra).
4. Michel de Ghelderode ; COÊLHO PINTO, W. . O Escurial, 2012. (Tradução/Livro).
5. COÊLHO PINTO, W.. Marianne Lamms. Rio de Janeiro: Questão de Crítica, 2009. (Tradução/Artigo).
6. COÊLHO PINTO, W.. Uma amiga anônima de Artaud. Rio de Janeiro: Questão de Crítica, 2009. (Tradução/Artigo).
7. Arrabal, Fernando ; COÊLHO PINTO, W. . Defesa de Kundera. Zaragoza: Libros del Innombrable, 2008. (Tradução/Outra).
8. COÊLHO PINTO, W.. Para acabar como juízo de deus, 1996. (Tradução/Livro).

 

Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1. COÊLHO PINTO, W.. O mercado editorial e as mídias alternativas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).
2. COÊLHO PINTO, W.. Pique Arte 2013. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).
3. COÊLHO PINTO, W.. Mostra de Cultura Germânica. 2004. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).
4. COÊLHO PINTO, W.. Teatro Brasileiro. 2001. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

 

Demais tipos de produção técnica
1. COÊLHO PINTO, W.. Dramaturgia, uma escrita em processo. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).
2. COÊLHO PINTO, W.. Curso Livre de Filosofia e Ética. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).
3. COÊLHO PINTO, W.. Oficina de Teatro « Prática de Montagem ». 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).
4. COÊLHO PINTO, W.. Oficina de Prática de Montagem – Projeto Itinerante de Artes Cênicas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).
5. COÊLHO PINTO, W.. Prática de Montagem Teatral. 2006. .
6. COÊLHO PINTO, W.. Oficina de Iniciação Teatral e Prática de Montagem. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).
7. COÊLHO PINTO, W. ; COÊLHO PINTO, W. . Interpretação e Improvisação. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1. Arrabal, Fernando ; COÊLHO PINTO, W. . Carta de Amor (Como um suplício chinês). 2014. Teatral.
2. COÊLHO PINTO, W.. A vida é sonho. 2013. Teatral.
3. Arrabal, Fernando ; COÊLHO PINTO, W. . O cemitério de automóveis. 2010. Teatral.
4. COÊLHO PINTO, W.. Uma Temporada no Inferno. 2007. Teatral.
5. COÊLHO PINTO, W.; Arrabal, Fernando . Fando e Lis. 1999. Teatral.
6. COÊLHO PINTO, W.. Violeta de los Andes. 1998. Teatral.
7. COÊLHO PINTO, W.; NETO, Torquato . Os últimos dias de paupéria. 1998. Teatral.
8. COÊLHO PINTO, W.; Artaud, Antonin . Para acabar com o julgamento de deus. 1996. Teatral.
9. COÊLHO PINTO, W.; Artaud, Antonin . A questão se coloca de. 1996. Teatral.
10. COÊLHO PINTO, W.. Centenário de Antonin Artaud. 1996. Teatral.
11. COÊLHO PINTO, W.. Van Gogh. 1994. Teatral.
12. COÊLHO PINTO, W.. O Filho Pródigo. 1993. Teatral.
13. COÊLHO PINTO, W.; BOLIVAR, Miguel A. B. . Réquiem. 1993. Teatral.
14. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e seu Duplo. 1991. Teatral.
15. COÊLHO PINTO, W.. Uma Temporada no Inferno. 1991. Teatral.
16. COÊLHO PINTO, W.. A Tocha Olímpica. 1990. Teatral.
17. COÊLHO PINTO, W.. Tribunal Ecológico. 1989. Teatral.
18. COÊLHO PINTO, W.. O Sol no Céu da Boca. 1989. Teatral.
19. Artaud, Antonin ; Coêlho, Wilson ; COÊLHO PINTO, W. . Antonin Artaud – Atos de Crueldade. 1988. Teatral.

Outras produções artísticas/culturais
1. COÊLHO PINTO, W.. Edu Rosa – As quatro estações e a canção popular. 2011 (Show).
2. COÊLHO PINTO, W.. Fuga de Canaã. 1990 (Video-filme).

Bancas

Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1. COÊLHO PINTO, W.. Participação em banca de Yan Brandemburg. Oficina Literária de Escrita Criativa. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Espírito Santo.
2. COÊLHO PINTO, W.; AZEVEDO FILHO, D. S.; OLIVEIRA, E. A. V.; SODRE, P. R.; Andréia Delmaschio. Participação em banca de Ana Paola Laeber. « (Des)conhecendo Centauro e suas Mulheres: um estudo arquetípico em A Ceia Dominicana de Reinaldo Santos Neves. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Espírito Santo.
3. COÊLHO PINTO, W.. Participação em banca de Carlos Alexandre da Silva Rocha. Obsceno, paródia e grotesco em Bufólicas de Hilda Hilst. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Espírito Santo.

Teses de doutorado
1. COÊLHO PINTO, W.. Participação em banca de Cláudia Fachetti Barros. Espumas de histórias calcadas na história: A insólita fortuna de Luiz Guilherme Santos neves num jogo dialógico com outras obras desse autor. 2015. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Federal do Espírito Santo.
2. COÊLHO PINTO, W.; AMARAL, Sérgio da Fonseca; SODRE, P. R.. Participação em banca de Paulo Muniz da Silva. Muros de todos e de cada um: uma murologia. 2014. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Federal do Espírito Santo.

Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1. COÊLHO PINTO, W.. Provas práticas para instrutores de teatro. 2010. Escola de Teatro, Dança e Música FAFI.

Outras participações
1. COÊLHO PINTO, W.. XI Encotnro de Estudos Multidisciplinares em Cultura – XI ENECULT. 2015. Universidade Federal da Bahia.

Eventos

Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1. XI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura ENECULT.O espaço e o abismo. 2015. (Encontro).
2. XI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura – XI ENECULT. 2015. (Encontro).
3. XVII Congresso de Estudos Literários. Literatura e música no corpo sem órgáos. 2015. (Congresso).
4. II Congresso Internacional da Faculdade de Letras ? II CIFALE. O melodrama e o culto ao corpo como toque de silêncio. 2013. (Congresso).
5. Pique Arte 2013.Arte para Infância e Juventude. 2013. (Encontro).
6. CONGRESO INTERNACIONAL EXTRAORDINARIO DE LA AITENSO EL TEATRO BARROCO: TEXTOS Y CONTEXTOS. Lo trágico y lo cómico entre la vida y el sueño. 2012. (Congresso).
7. III SEMINÁRIO DOS ALUNOS DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE LETRAS – uff.ARTAUD E ARRABAL – DA CRUELDADE AO PÂNICO. 2012. (Seminário).
8. Intercâmbio Cultural – Encontro com Fernando Arrabal.Apresentação e mediação da palestra de Fernando Arrabal. 2012. (Encontro).
9. Pensamento Giratório.Antonin Artaud + Palestra e debate. 2012. (Encontro).
10. Se essa rua fosse minha… sobre desejos e cidades. 2012. (Seminário).
11. Teatralidade da Escrita.Carta ao General Franco ou uma dramaturgia do terror. 2012. (Seminário).
12. 2º Festival Internacional de Teatro Clasico Adaptado.Jurado de premiación. 2011. (Outra).
13. 2º Festival Internacional de Teatro Clasico Adaptado.Teatro Clasico Adaptado. 2011. (Outra).
14. 6º Festival Palco Giratório Sesc 2011.Fernando Arrabal. 2011. (Outra).
15. Cineclube Filmes na Ilha.A verdade da lógica ou a lógica da verdade?. 2011. (Encontro).
16. Congresso Brasileiro de Teatro. Debates. 2011. (Congresso).
17. Há linguagem no oco das palavras?.Subjetividade no processo de criação de Fernando Arrabal. 2011. (Seminário).
18. Homo Faber: o animal que tem mãos. 2011. (Seminário).
19. Inauguração da Biblioteca Pública Municipal.O livro e suas variantes. 2011. (Encontro).
20. VII ENECULT.No princípio era o fim. 2011. (Encontro).
21. 2º Encuentro de Teatro Popular Latinoamericano.Fernando Arrabal: entre el absurdo y la realidad. 2010. (Encontro).
22. Bloomsday.Ulysses. 2010. (Encontro).
23. Circuito Torre de Arrabal.Torre de Arrabal. 2010. (Encontro).
24. Do fundo do abismo nascem as altas montanhas ou: de como superar a crise. 2010. (Seminário).
25. GRAV Grupo de Estudos Audio-Visuais.A pedra do reino. 2010. (Encontro).
26. Oficina de Dramaturgia – Leituras em Cena.Leituras em Cena. 2010. (Oficina).
27. SEMINÁRIOS INTERNACIONAIS INTERSEMIÓTICOS VI: Roland Barthes, do estruturalismo ao pós-estruturalismo..Roland Barthes: escritos sobre o teatro ou uma cena de amor e ódio. 2010. (Seminário).
28. VI ENECULT.FERNANDO ARRABAL: DOS ENTORNOS ÀS CIRCUNSTÂNCIAS. 2010. (Encontro).
29. Criação e Crítica. 2009. (Seminário).
30. Debate: Um Certo Arrabal.Debate: Um Certo Arrabal. 2009. (Encontro).
31. II Conferência Municipal de Cultura – Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento. 2009. (Seminário).
32. Mostra Jodorowsky.Movimento Pânico. 2009. (Outra).
33. Próximo Ato – Encontro Internacional de Teatro Contemporâneo. 2009. (Encontro).
34. V ENECULT.Um olhar sobre o hibridismo ou uma garrafa em alto mar. 2009. (Encontro).
35. III Mostra Latino-Americana de Teatro.Qual o tempo para repensar a estética?. 2008. (Encontro).
36.Conferência Escola de Teatro e Dança FAFI.O rito. 2007. (Encontro).
37. Sentidos na/da Arte Contemporânea. 2007. (Seminário).
38. VI Festival de Música de Jaguaré.Jurado. 2007. (Outra).
39. 1º Festival Nacional de Vídeo.Jurado. 2006. (Outra).
40. 5 Seminario Internacional Rito y Representación.Lo estático y lo dinámico en el ri(ac)tual. 2006. (Seminário).
41. Arte no Pensamento. 2006. (Seminário).
42. Seminário Preparatório para o Congresso Nacional dos Estivadores.A filosofia e o mundo globalizado. 2006. (Seminário).
43. VIII Congresso de Estudos Literários ? Literatura, Linguagem & Mídia, Políticas do Pensamento. – Casos da Casa Verde. 2006. (Congresso).
44. VIII Congresso de Estudos Literários – Literatura, Linguagens & Mídias, políticas do pensamento contemporâneo. Casos da Casa Verde. 2006. (Congresso).
45. V Seminario Internacional ?Rito y Representación ».- Lo estático y lo dinámico en el Ri(ac)tual. 2006. (Seminário).
46. 19° ENTEPOLA Encuentro de Teatro Popular Latino-Americano. 2005. (Encontro).
47. 1ª Conferência Nacional de Cultura.Plano Nacional de Cultura. 2005. (Encontro).
48. 1ª Conferência Nacional de Cultura. 2005. (Encontro).
49. 1º Festival Nacional de Monólogos Prêmio Cidade de Vitória.Os últimos dias de paupéria. 2005. (Outra).
50. Conferência Estadual de Cultura.Conferência Nacional de Cultura. 2005. (Encontro).
51. III Semana de Pesquisa em Letras. Na fronteira entre Ci-Gît e Guernica. 2005. (Congresso).
52. VII Congresso em Estudos Literários: Sob o signo de Babel – Literatura e Poéticas da Tradução. Traduzindo Artaud. 2005. (Congresso).
53. 1° Seminário A Importância da Teoria para a Produção Artística e Cultural. 2004. (Seminário).
54. Congresso Internacional Éticas da Finitude. 2004. (Congresso).
55. I Encontro de Filosofia e Artes da UFES.O corpo em Artaud – uma perspectiva existencialista. 2004. (Encontro).
56. II Semana de Pesquisa em Letras. Artaud e a linguagem, em processo. 2004. (Congresso).
57. II Seminário da Faculdade Estácio de Sá – « Técnica e poder: política, desenvolvimento e sociedade ».Similitude e oposição entre Castiglione e Maquiavel no exercício da dissimulação. 2004. (Seminário).
58. I Mostra de Cinema Germânico.Brecht: diálogos de uma encenação. 2004. (Outra).
59. VI Congresso de Estudos Literários – Multiteorias: Correntes Críticas, Culturalismo, Transdisciplinaridade. Poesia concreta: o que vocês acham?. 2004. (Congresso).
60. VII Semana de Filosofia – Filosofias da Existência e Fenomenologia.Fenomenologia no Processo de Criação Teatral. 2004. (Seminário).
61. Congresso de Literatura Fronteiras e Teorias. Os sonhos são apenas um detalhe. 2003. (Congresso).
62. Aniversário da Faculdade de Direito de Linhares.Os últimos dias de paupéria. 2001. (Outra).
63. 7° Vitória Cine Video – Oficina de Produção. 2000. (Oficina).
64. II Seminário e Feira de Informação Profissional da UFES.Monitor de Stand. 2000. (Seminário).
65. VII Semana de Filosofia. 2000. (Seminário).
66. 6° Vitória Cine Video – Oficina de Realização Cinematográfica (Documentário). 1999. (Oficina).
67. Hegel: les morts de l’art. 1999. (Encontro).
68. I Encontro de Informação Profissional da UFES.Monitor de Stand. 1999. (Encontro).
69. Kant: esthéticien et esthéte. 1999. (Encontro).
70. 5° Vitória Cine Video – Oficina de Direção. 1998. (Oficina).
71. Encontro Internacional de Dramaturgos – SBAT. 1998. (Encontro).
72. 4° Vitória Cine Video – Oficina de Montagem. 1997. (Oficina).
73. 4º Vitória Cine Video – Oficina de Linguagem Cinematográfica. 1997. (Oficina).
74. ENTEPOLA – Encuentro de Teatro Popular.El teatro latino-americano: el concepto y la realidad. 1997. (Outra).
75. Centenário de Antonin Artaud – UFES.Artaud e o teatro. 1996. (Outra).
76. II Encontro Intermunicipal de Cultura. 1996. (Encontro).
77. Ciclo de Conferências: Pensamento e Filosofia no Brasil Hoje UFES. 1995. (Seminário).
78. II Semana de Filosofia UFES. 1994. (Encontro).
79. 1º Festival Nacional de Video de Vitória – Oficina de Direção e Produção. 1991. (Oficina).
80. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre: non aristotelian teatre.Dignificación de los « peores » de la doctrina aristotélica, en el teatro de Lope de Vega (Juana de José Prades). 1991. (Simpósio).
81. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre: non aristotelian teatre.L’Aristote invisible ou le sens d’un contre-sens (Mohamed Aziza). 1991. (Simpósio).
82. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre: non aristotelian teatre.Los caminos del teatro actual: hacia la plurimedialidad postmoderna ou el fin del teatro aristotelico (Alfonso de Toro). 1991. (Simpósio).
83. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Brecht versua Aristotle [or] Brechtian Recipe for ´Capitalism With a Human Face’. 1991. (Simpósio).
84. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Bailar el teatro, dramatizar el baile. El caso de Ananda Dansa (Nel Diago). 1991. (Simpósio).
85. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Theatre and Everyday Life (Alan Read). 1991. (Simpósio).
86. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Kathakali in the tube (Nicola Savarese). 1991. (Simpósio).
87. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Oú est la performance? Post-mortem pour un art bien vivant (Josette Féral). 1991. (Simpósio).
88. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.La vigéncia de la forma ritual en el teatre catalá contemporani. Exemples (Mercé Saumell). 1991. (Simpósio).
89. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Eastern currents: the orientation of western theater (Eileen Blumental). 1991. (Simpósio).
90. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.El temps i la mort al teatre ritual tradicional africá contemporani (María Josep Ragué). 1991. (Simpósio).
91. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Commoció en lloc de comunicació en un teatre que es sostreu als géneres (Esperança Ferrer). 1991. (Simpósio).
92. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.The four elements and non-aristotelian theatre (Nicholas Arnold). 1991. (Simpósio).
93. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Eastern currents: the orientation of western theater (Eileen Blumental). 1991. (Simpósio).
94. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Conceptos sobre teatro vertical (Egon Wolff). 1991. (Simpósio).
95. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Eastern currents: the orientation of western theater (Eileen Blumental). 1991. (Simpósio).
96. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.About the origin of the term tragic « tragedy » – an african trace (George Cristea). 1991. (Simpósio).
97. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Theatrical celebration through folk dance (Farouk Ohan). 1991. (Simpósio).
98. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.The theatre of mixed media: simultaneity and sequentiality (Dragan Klaic). 1991. (Simpósio).
99. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.L’eternitat en l’escena efímera: consideracions sobre les coordenades tempo-espacials en el teatre medieval (Jésus-Francesc Massip). 1991. (Simpósio).
100. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.The notion of anti-aristotelian drama: Esslin vs. Aristotle (Eli Rozik). 1991. (Simpósio).
101. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Sobre el teatro no aristotelico en el teatro colombiano (Santiago García). 1991. (Simpósio).
102. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.Valle Inclan – Witkiewicz – Artaud: tres conceptos de la estética teatral antiaristotélica (Urszula Aszyk). 1991. (Simpósio).
103. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.The outline of the 20th century georgian theatre research (Levan Khetaguri). 1991. (Simpósio).
104. III Simposi Internacional d’Historia del Teatre – non aristotelian teatre.El escenario anarquista (Rio de la Plata, 1880-1910): datos para una reconstituición de su funcionamiento (Eva Golluscio de Montoya). 1991. (Simpósio).
105. XIV Festival Estadual de Teatro da FETAERJ. 1991. (Outra).
106. Encontro Nacional de Arte e Cultura.Oficina de Interpretação. 1990. (Oficina).
107. XIII FESTIMINAS – Festival de Teatro de Minas Gerais. 1989. (Outra).

Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1. COÊLHO PINTO, W.. VII Festival Capixaba de Teatro. 2014. (Festival).
2. COÊLHO PINTO, W.. Mostra Arrabal de Cinema Pânico. 2012. (Festival).
3. COÊLHO PINTO, W.. Mostra de Cinema Fernando Arrabal. 2012. (Outro).
4. COÊLHO PINTO, W.. ENTEPOLA BRASIL 2008 – Encontro de Teatro Popular Latino-Americano. 2008. (Festival).
5. COÊLHO PINTO, W.. ENTEPOLA BRASIL 2007 – Encontro de Teatro Popular Latino-Americano. 2007. (Festival).
6. COÊLHO PINTO, W.. ENTEPOLA BRASIL 2006 – Encontro de Teatro Popular Latino-Americano. 2006. (Festival).
7. COÊLHO PINTO, W.. I Festival Nacional de Video. 2006. (Festival).
8. COÊLHO PINTO, W.. VIRÁ QUE EU VI 2000 – Encontro Latino-Americano de Teatro. 1995. (Festival).
9. COÊLHO PINTO, W.. V FESTIVAL CAPIXABA DE TEATRO. 1991. (Festival).

Educação e Popularização de C & T

Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1. COÊLHO PINTO, W.. Antonin Artaud: tratamento cruel ou cirurgia ontológica?. Utopía y Praxis Latinoamericana, v. 1, p. 69-79, 2002.

Livros e capítulos
1. COÊLHO PINTO, W.. A flor quebrou o asfalto. 01. ed. Vitória ES: Cousa, 2015. v. 01. 116p .

Apresentações de Trabalho
1. COÊLHO PINTO, W.. Artaud e o teatro. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).
2. COÊLHO PINTO, W.. Lo estático y lo dinamico en el ri(ac)tual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).
3. COÊLHO PINTO, W.. O estático e o dinâmico no ri(a)tual. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Cursos de curta duração ministrados
1. COÊLHO PINTO, W.. Prática de Montagem Teatral. 2006. .

Outras informações relevantes
Recebeu a insignia de Commandeur Exquis por L’Ordre de la Grande Gidouille, do Colégio de Patafísica de Paris, aos 03/02/2013.

Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/11/2017 às 22:57:51